sábado, 27 de novembro de 2010

Uma conversa estranha



Quando a chuva cai
vejo suas lágrimas escorrerem
Sinto-me invadido...
Por um turbilhão de pensamentos que me fazem sofrer

O que vivemos ainda me emociona
é uma espada cravada no meu coração
Queria poder voar e te encontrar
mas tenho muito medo de me magoar

Amar para que?
se é tão doloroso
vou viver fora deste jogo!
mas será que é certo te perder?
e te esquecer?


Sempre o terei no meu pensamento
mas não quero este sentimento
vou viver sem ilusão
agora vejo que os prazeres da vida
me traz mais emoção
é uma espada cravada no meu coração
queria poder voar

Por: Hélio L. e Julia Amane

Nenhum comentário:

Postar um comentário